O Mezcal e o seu Processo

O mezcal é uma bebida alcoólica com denominação de origem elaborada a partir da destilação do bagaço fermentado do agave.

Existem diferentes tipos de agave e cada um produz uma variedade de mezcal. Isso nos leva à obtenção de mezcales com caraterísticas concretas únicas e específicas, que são resultantes também da zona de crescimento do agave e do seu processo de transformação.

A partir do plantio do agave deverão transcorrer entre 6 a 20 anos, dependendo da espécie, para ele possa ser então selecionado e coletado. Em seguida ele passa pelo processo de corte, onde se retiram as folhas da penca, deixando apenas o coração do agave. Após o corte, o coração será cozido.

A preparação do forno tradicional começa fervendo pedras de rio com lenha no centro do forno até que elas estejam brilhando num vermelho vivo. Uma vez que o forno esteja pronto, os corações de agave são introduzidos sobre as pedras, para que sejam cozidos com o seu calor. Eles são cobertos por “petates” (uma espécie de tapete) e terra que conversa o calor sob o solo. Este processo dura ao redor de três dias, até que o coração cozido seja retirado e seja espremido em moinhos de pedra. O maguey espremido é fermentado em bacias de madeira de cipreste e depois destilado em destiladores de cobre ou em panelas de barro, onde finalmente se obtém o mezcal por meio de uma destilação dupla com um ajuste de concentração alcoólica no começo e no fim da segunda destilação.

A bebida coletada é homogeneizada e estabilizada, obtendo-se com isso o mezcal branco que será enviado para a area de engarrafamento.